Escola Albano quer reativação do Grêmio Estudantil

Visando maior participação político-estudantil da juventude, a Escola Estadual Professor Albano Alves Pereira, de Palmares do Sul, divulgou que pretende reorganizar o Grêmio Estudantil. Segundo a publicação, o objetivo é tornar a escola cada vez melhor.

“Alunos. Precisamos reorganizar o grêmio estudantil da Escola. Esse ano não tem eleições municipais, então a eleição poderia ser realizada junto com as eleições gerais para fazer uma atividade extraclasse e acertar definitivamente o calendário das eleições do grêmio estudantil”, diz o enunciado.

Na volta das férias, no dia 31 de julho, haverá uma assembleia explicando aos alunos interessados o regimento do grêmio. Nessa reunião será decidido também o calendário eleitoral para o grêmio. A ideia é eleger uma diretoria que atue no ano de 2019.

“Tem interesse em concorrer? Leia o regimento. Comece a conversar com seus amigos e organize uma chapa. Precisamos do apoio dos alunos para tornar a nossa escola melhor”, complementa a divulgação.

Para passar uma noção aos alunos, conforme trecho do Estatuto do Grêmio Estudantil da Albano Alves Pereira, CAPÍTULO I:

Da Denominação, Sede e Objetivos

Art. 1º O Grêmio Estudantil Albano Alves Pereira é o órgão máximo de representação dos estudantes da Escola Professor Albano Alves Pereira localizado na cidade de Palmares do Sul, Rio Grande do Sul e fundado em 2016 com sede neste Estabelecimento de Ensino.

Parágrafo Único – As atividades do Grêmio reger-se-ão pelo presente Estatuto aprovado em Assembleia Geral convocada para este fim.

Art. 2º O Grêmio tem por objetivos:

I- Representar condignamente o corpo discente;

II – Defender os interesses individuais e coletivos dos alunos do Colégio;

III – Incentivar a cultura literária, artística e desportiva de seus membros;

IV- Promover a cooperação entre administradores, funcionários, professores e alunos no trabalho Escolar buscando seus aprimoramentos;

V- Realizar intercâmbio e colaboração de caráter cultural e educacional com outras instituições de caráter educacional, assim como a filiação às entidades gerais tais como a UGES (União Gaúcha dos Estudantes) ou UNE (União Nacional dos Estudantes);

VI – Lutar pela democracia permanente na Escola, através do direito de participação nos fóruns internos de deliberação da Escola.

No link a seguir está o regimento completo para download:

https://drive.google.com/file/d/13klJHo1pKgL10TzKYbefs7Qi-ycbgiW7/view

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *