Vereador Rato esclarece que não é contra projeto de abertura de crédito, mas sim da falta de especificações para ser aprovado

O vereador Eduardo Alves, o Ratinho (PPS), de Palmares do Sul, candidato a deputado federal pelos interesses da região e pela renovação política, esclarece seu posicionamento com relação ao projeto de lei do Executivo de Palmares do Sul que pede autorização para abertura de crédito junto ao BRDE no valor de R$ 3,5 milhões para obras de infraestrutura.

O vereador relata que não é contra o projeto e as obras, mas sim a forma com que o projeto de pedido do prefeito entrou na Câmara, sem o devido detalhamento de como vai ser utilizado esta verba em cada quesito das obras.

“Todas essas obras são necessárias, as ruas precisam de melhorias; mas é dever do vereador fiscalizar e zelar pela ordem econômica do Município. Não temos nada de projeto detalhando como tudo vai ser realizado. Não podemos dar um cheque em branco ao prefeito. Por exemplo, a obra que está sendo executada na Avenida Álvaro Alves Camargo, no valor de R$ 2,2 milhões de empréstimo junto ao BADESUL, no pedido inicial continha paisagismo, iluminação de led e meios-fios em determinados pontos. Após a aprovação e a liberação do crédito, no projeto final já não consta mais estas obras; e vamos cobrar aquilo que foi prometido e argumentado aos vereadores. Esse é o nosso trabalho, procurar o melhor para o povo, porém cuidando todos os detalhes”, enfatiza Ratinho.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *